segunda-feira, janeiro 08, 2007

Placar ataca novamente

Pra mim a Placar tá quebrando um galho: cada vez que fico sem assunto pro blog eu abro a placar e ali está uma injustiça com o Grêmio. Que uma besteira como essa seja dita por um bando de desinformados, tudo bem, agora a Placar, uma revista com mais de 30 anos, com um vasto arquivo, fazer isso é imperdoavel. Basta uma simples visita a pagina da segunda divisão 1992 no RSSF para desmentir isso:

Sobre a afirmação errada da Placar, quem melhor explica a situação é o estatístico Marcelo Leme de Arruda , membro da diretoria da RSSSF Brasil e autor do site Chance de gol:

"a explicação publicada na última edição da Placar sobre o acesso do Grêmio à primeira divisão de 1993 está ABSOLUTAMENTE ERRADA e eu já mandei e-mail à revista solicitando a correção! Na realidade, a promoção de 12 clubes da Segundona de 1992 para a elite de 1993 já estava prevista no regulamento DESDE O INÍCIO DA COMPETIÇÃO! Provas disso podem ser facilmente levantadas junto à CBF e/ou aos jornais gaúchos da época:

I) De acordo com o regulamento original da competição, a segunda fase do campeonato seria disputada no sistema de mata-mata. Porém, os emparceiramentos seriam realizados de acordo com a classificação global dos quatro grupos e produziriam confrontos (como Grêmio x Remo, se eu não me engano) que implicariam longas e dispendiosas viagens para os clubes envolvidos. Por essa razão e como os 12 classificados já estavam com a promoção assegurada e o restante da competição serviria apenas para apontar o campeão, a CBF optou por alterar o regulamento fazendo a segunda fase ser disputada em três grupos regionalizados com quatro equipes em cada.

II) Seriam classificados para a terceira fase da competição apenas os dois primeiros colocados de cada grupo da segunda fase, num total de seis equipes. Ao final da segunda fase, porém, a CBF resolveu aumentar o número de classificados para oito, permitindo que a terceira fase fosse disputada em dois grupos de quatro times. O sétimo e o oitavo clubes classificados seriam, então, os dois melhores terceiros colocados da segunda fase: o América/MG, com 6 pontos, e o Grêmio, com 5 pontos, 2 vitórias e saldo de zero gols.
O tricolor gaúcho, por sua vez, abriu mão da vaga, justamente por já estar com a promoção à Primeira Divisão de 1993 garantida desde o final da primeira fase, e preferiu excursionar pela América Central. A CBF então convidou, em substituição ao Grêmio, o Santa Cruz, que tinha sido o pior dentre os terceiros colocados da segunda fase, com 5 pontos, 1 vitória e saldo negativo de quatro gols.

A própria PLACAR, no suplemento Tabelão de sua edição nº 1.071 (maio de 1992) atesta essa versão, conforme imagem abaixo"


ainda sobre a segunda divisão de 1992, outro membro da RSSSF Brasil, Santiago Reis, escreveu:

"algo que pouca gente fala eh que o regulamento mudou tambem na Terceira Fase...
Originalmente se classificariam 2 de cada grupo. A segunda fase passou a ser transmitida pela Bandeirantes ou seja um dinheiro começou a circular e passou a ser interessante para a Bandeirantes que mais clubes disputassem a Terceira Fase. Depois de encerrada a segunda fase, a CBF mudou tudo. O Gremio foi convidado e nao aceitou pois nao tinha interesse algum em disputar mais jogos no campeonato da segunda divisao, prejuizo na certa, e, se eu nao me engano, tinha uma excursao para a America Central já marcada. Fizemos o que era necessario. Para que fazer mais? Entao convidaram o Santa Cruz. Criaram dois grupos regionalizados e o campeonato continuou.

E o pior é que eu sou forçado a ler na internet e na imprensa que o Gremio foi alçado a Primeira Divisao depois de ficar em 11. Mentira. O Gremio ficou em 9. E como todos sabem, o regulamento mudou no começo do campeonato."


A única confusão possível sobre a segunda divisão em 92 é sobre a forma de disputa, que de fato foi alterada durante a competição, mas o acesso de 12 clubes a primeira divisão já estava previsto antes do início da competição.




12 comentários:

Anônimo disse...

Incrível, e durante anos fomos informados sobre um fato mal colocado e tendencioso. Ainda bem que temos este blog para colocar a verdade.
Sandro Farias

Maurício disse...

e pensar que o editor-chefe da Plcar é gremista...

Maurício disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Jair Bernardes jr. disse...

Tanto se diz uma mentira, que ela acaba virando verdade. Me lembro bem disso, e sempre bati pé que o Grêmio não foi ajudado, mas já vi até dirigente gremista afirmando que a virada de mesa deve ser esquecida.
Abraços, e obrigado pela divulgação da verdade.

alcirorkut disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
alcirorkut disse...

só lamento ter perdido a possibilidade de disputar aqela taça..na época podia ser um dispêndio, mas hj seria muito bom ter outra colocação ou até vencido aquele ano...
buenas..coisas da vida!
dá-lhe Grêmio!!

Anônimo disse...

hahahaha!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

foram ajudados e pontro... ficaram em 9. tapetão!!!!!

Att.
Colorado de primeira.

Anônimo disse...

colorado de primeira...

e teu time é campeão de tudo!!

[sei que ja faz um tempinho, mas não resisti]

Vinicius Oliveira disse...

TER FICADO EM 12o. LUGAR VIROU MOTIVO DE ORGULHO AGORA? HAHAHAHAHA

Vinicius Oliveira disse...

DESCULPE, 12o. NAO, OITAVO... QUE MARAVILHA, TEM QUE COLOCAR UMA FAIXA NO OLIMPICO EXALTANTO A OITAVA POSIÇÀO NA SÉRIE B... TIMECO!!