terça-feira, dezembro 21, 2010

Topper

Como já vinha sendo ventilado, a Puma deixará de estampar o uniforme gremista. No seu lugar entrará a Topper.

Conforme foi esclarecido neste final de ano, o Grêmio mantém contrato com a Filon, que é representante da diversas marcas no Brasil. Este contrato, na sua essência será mantido, contudo uma vez que a Puma não tem mais como acompanhar as exigências do Grêmio e da Filon, é a Topper que passará a ser a fornecedora de material esportivo do Grêmio (operação parecida foi feita no Atlético Mineiro)

Eu, que critiquei bastante o trabalho desenvolvido pela Puma no Grêmio, fico "aliviado" com a troca. Acho que a oportunidade de um recomeço nessa questão da camiseta, área onde a marca alemã se atritou demais com a torcida gremista.

Assim como o Snel e o Bruno Coelho, penso que há uma grita exagerada e precipitada contra a Topper. Insisto que a preferência pela marca X ou Y passa pelo gosto, pela subjetividade e não é isso que deve nortear a escolha da direção.

Não se ignora que uma marca internacional possa ter maior visibilidade e charme, mas algumas destas marcas cobririam os valores existentes? Teriam a mesma distribuição dentro do Brasil? Teriam efetivo interesse no Grêmio e nas suas peculiaridades? Atenderiam os anseios da torcida?

O conselho de administração entende que a proposta da Topper é muito boa, e que a marca está interessada em crescer junto com o Grêmio, em trabalhar no marketing, em ser parceira de fato do clube (algo que eu não via na Puma).

Boa parte da torcida já está imaginando a camisa do Grêmio tendo com base o trabalho feito pela Topper em outros clubes. Por ora eu não arrisco um mock-up, uma vez que a Topper promete um atendimento mais personalizado para o tricolor e a direção sinaliza com o resgate de um fardamento mais tradicional.

E conforme eu pude apurar ( e já adiantei no twitter) o Grêmio seguirá usando o fardamento da Puma enquanto as novas camisas estiveram sendo desenvolvidas.

16 comentários:

Eduardo disse...

Acredito que a topper nao seja tão restrita na questão corte/template das camisetas. Talvez tenhamos mais comunicação entre Gremio e fabricante, mas a julgar pela do Atletico Mineiro de 2010, oremos.

Emerson Olipi disse...

Da onde isso? "...uma vez que a Topper promete um atendimento mais personalizado para o tricolor e a direção sinaliza com o resgate de um fardamento mais tradicional." Nada foi divulgado ainda pela direção, não ouvi nada sobre esse tal atendimento personalizado. Acho que vamos trocar 6 por meia dúzia. Olhem a camisa do Atlético Mineiro 2010, tá louco! Aquela gola estranha e antiga... Tá na hora do Grêmio aproveitar as oportunidades como Libertadores 2011 e volta do R.Gaúcho e pensar grande, trazendo junto a Adidas ou Nike, com visão e experiências mais amplas que essas pequenas marcas. Passamos anos e anos apostando nos pequenos e desconhecidos e nunca nos grandes e já consagrados, vejo que esta é a hora de mudar. Quando a Puma chegou era a mesma coisa, depois só reclamações.

Tarsis Salvatore disse...

Faço minhas tuas palavras. Se é pra apostar prefiro ser otimista, acredito que é melhor ser um "clientão" para a Topper do que "mais um" para a Puma.
Como lembrei no camisasdogremio.net, a camisa tricolor da Penalty de 1996 foi a que mais vendeu no mundo, superando o Barça. Quando o time é multicampeão, todo fardamento cai bem.

Vamos lembrar tb que o Depto. de Marketing do Grêmio sempre foi confuso quando o assunto é camisa tricolor.

Em tempo: uma celeste réplica de 1912 está a venda e é lindíssima!

André Kruse disse...

Emerson,

quanto a camisa mais tradicional, coloquei o link da matéria com o Vontobel, onde ele fez a seguinte frase: "Evidente que a gente tem esse objetivo de resgatar a camisa mais clássica"

Quanto ao atendimento personalizado, foi a informação que eu obtive junto a diretoria.

Alfredo disse...

A Topper precisa ser informada sobre o ESTATUTO do GRÊMIO, artigo 113.
AZUL CELESTE não pode ser mudado em hipótese alguma.

Eduardo disse...

Esse mockup com a camieta do estudiantes é legal, mas salvo engano, de costas, a camiseta deles é praticamente de uma cor só. Fora que ainda tem os braços de uma cor. Ficaria uma camiseta praticamente toda azul de costas.

Enfim, deve surgir algo novo da topper em 2011. Puma já nao dava mais pra aturar.

Eduardo disse...

Achei aqui. Só pra ilustar e complementar:
http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-163072228-camiseta-estudiantes-topper-100-orig-2010-11-titular-_JM

Realmente é uma cor só de costas.

Francisco Luz disse...

Uma pergunta: por que vocês acham que a Topper vai seguir a linha do Estudiantes e não a do Galo, que é daqui e é o único time do país patrocinado por eles?

A camisa do Atlético não tem nada a ver com a do Pincha e nem com a do Ñuls.

Anônimo disse...

Concordo com a maioria... aquela do Galo 2010... nada a ver com a história do Galo, sem contar as "jogada de marketing" da camisa rosa!!!

Tarsis Salvatore disse...

Eduardo, concordo que o layout do Estudientes não é o ideal. Aliás, acho que a Topper pode e deve superar o trauma do "padrão Puma" que encheu o saco da torcida além dos atrasos nos lançamentos.

Criticar o material do galo eu acho um grande exagero. O galo costuma ter camisas muito bonitas, mais sóbrias (incluso as da Topper) e essa polêmica por causa da camisa rosa é a maior ignorância e um preconceito ridículo, já que essa camisa é muito linda e nem se compara com aberrações como a camisa "roxa" do Corínthians e até a "camisa marca texto" do Palmeiras.

O Grêmio dificilmente precisa de modernices desse tipo, tem camisas consagradas, bonitas, inclusive a Shadow. Não tem o que errar, é só atender a a torcida.

Em tempo: no http://camisasdogremio.net bolamos uns modelos de sugestão. Tomara que a Topper veja e adote.

Abs!

Eduardo disse...

Eu espero de coração que seja algo assim a negociação da nova camiseta:

1 - Topper apresente os templates que ela fará para 2011;

2 - Gremio veja quais deles se enquadram melhor para camiseta tricolor;

3 - Topper e representantes do Gremio façam uma camiseta com listras e tom de azul condizentes com a camiseta do Gremio;

Simples. A camiseta do Gremio nao tem erro. Toda a historia do Gremio é marcada por camisetas bonitas. É difícil estragarem nossa camiseta. Não precisa inventar muito, basta fazer a listra azul do tamanho da preta e acertar o tom do azul. Sem manga de uma cor só, recortes gigantes na lateral, ombros, axilas...

E pra camiseta reserva, poderiam fazer aquela azul com uma listra preta no peito e com 2 litras brancas separando o azul do preto.
Acho que 1926 era assim.

Enfim, prefiro falar de camisetas do que do Gauchão em inicio de ano.

Anônimo disse...

O outro blog está com as opiniões mais equilibradas, aqui todo mundo tá dando crédito pra topper, não dá pra acreditar! Existem boas opções para escolher e o grêmio conseguiu se superar, escolheu algo ridículo. Tinha Nike, Adidas, Reebok, manter a Puma, Umbro, lotto e paramos por aí. Não sei porque reclamam da puma, é óbvio que aquelas camisas com a gola do D. Pedro I eram ridículas, mas a shadow foi uma grande sacada e as comemorativas ficaram muito boas. Outro detalhe que ajuda deixar qualquer camisa feia é aquela absurda quantidade de patrocínio. Aquele Banrisul não dá pra aguentar aí resolveram tocar o Midea no peito e a unimed nem se fala...

Anônimo disse...

Como desinformar o leitor. Manchete do ClicEsportes:

"Pagou, levou
Galliani não quer mais Ronaldinho no Milan e liberará o meia para procurar clube no Brasil. Quem pagar mais, fica com o jogador.
"

Isso, por parte do Milan, é MENTIRA. O jogador vai para onde quiser, e o valor da liberação é o que o segura no clube. Acertou com o jogador, depositou o mínimo, leva. Jornalista que escreveu ainda vive no tempo do passe...

Diogo disse...

Tomara que com a Topper seja mais fácil encontrar camisas do Grêmio. Dia desses procurei numa loja da Puma aqui em BH. Só tinha a preta e uma "celeste" de treino. Camisa principal de jogo não tinha. Mas tinha de Sporting, Newcastle, Monaco e outros europeus. Vai entender.

André Kruse disse...

anônimo, de onde tu tirou a informação que "Nike, Adidas, Reebok, manter a Puma, Umbro, lotto"?

Diogo, acho que tu tocou num ponto importante. Essa questão da distribuição. A tendência que isso melhore bastante com a entrada da Topper (Alpargatas)

ABD RO disse...

Deu no Blog do Cassio Zirpoli : Novo ranking da CBF, 1959-2010. Daí...: http://t.co/n55dS0z