quarta-feira, julho 01, 2009

Lamentável

Ando postando pouco no blog. Um pouco disso se deve ao Twitter.


Sei que o foco de todo Gremista deveria estar voltado única e exclusivamente para a Libertadores.


Mas esta notícia da rejeição, pelo Conselho Deliberativo, das propostas de redução da cláusula de barreira (tanto para eleição do Conselho como para a de Presidente) é uma das piores, senão a pior notícia do ano.


Mas ainda mais lamentável foi a forma como tudo aconteceu.


Um assunto que deve render e com certeza vai ser retomado aqui no blog.

7 comentários:

Gustavo disse...

Trata-se de um BANDO que não quer largar o osso jamais.

Vicente Fonseca disse...

Concordo plenamente, que notícia péssima. E acho que, de fato, é preciso concentrar o foco na Libertadores agora, para depois retomar este assunto.

Que pena que o Grêmio demora tanto para tomar cada passo que o tornará mais aberto e profissional.

Jair disse...

GALERA LEIAM O QUE UM ÓRGÃO DE IMPRENSA DE FORA DE MG DIVULGOU FATOS QUE A IMPRENSA MINEIRA ESCONDEU A MANDO DOS IRMÃOS METRALHAS. PERGUNTE AIO RUI QUEM SÃO OS IRMÃOS METRALHAS QUE MANDAM E DITAM AS REGRAS EM NINAS.
ATÉ O GOVERNO AÉCIO NEVES PUXA SACOS DOS IRMÃOS MERRELAS ESTÁ DETONANDO COM A DIRETORIA DO GR~EMIO E COM OS JOGADORES REFERENTE AIO EPISÓDIO "RACISTA" CRIADO PELO FDP DO ELI CARLOS E EMISSORAS LOCAL
Dois vidros foram quebrados. Estilhaços feriram dois torcedores gremistas, mas sem gravidade

GLOBO ESPORTE - Alexandre Alliatti e Richard Souza Belo Horizonte (PUBLICADO EM 24/06/2009)

Um dos ônibus com torcedores do Grêmio foi apedrejado por c*uzeirenses na chegada ao Mineirão. Pedras romperam dois vidros. Os estilhaços feriram levemente dois torcedores - um no braço, outro na perna. Ambos seguiram normalmente para o interior do estádio, sem necessidade de cuidados médicos. Os gaúchos reclamam que a escolta da polícia local não é suficiente para garantir a segurança dos visitantes no trajeto até o estádio. Cerca de 3 mil gremistas devem estar no Mineirão para o jogão das 21h50m.


ÔNIBUS DE GREMISTAS VIRAM ALVOS ANTES E DEPOIS DA PARTIDA
Pedras foram arremessadas por c*uzeirenses, romperam vidros e deixaram dois gaúchos levemente feridos

FANÁTICOS POR FUTEBOL - Por: Guilherme Novaes



Além de toda a polêmica gerada pela acusação de racismo de Maxi López sobre Eli Carlos, outras confusões cercaram o jogo entre Grêmio e C*uzeiro, pela ida das semifinais da Libertadores e podem esquentar, ainda mais, o clima para a partida de volta, dia 2 de julho, em Porto Alegre.

Ônibus que vieram da capital gaúcha foram apedrejados nas imediações do estádio, tanto na chegada como na saída do Mineirão.

Dois torcedores ficaram levemente feridos, vítimas de estilhaços, mas entraram para assistir a derrota gremista por 3 a1, sem necessitar de cuidados médicos.

Segundo os torcedores gremistas, a escolta da polícia não foi bem realizada, não garantindo a segurança durante o trajeto.

Cerca de 3.000 tricolores estiveram no Mineirão.


AGORA, IMAGINEM O QUE VAI ACONTECER QUANDO 6.000 MEMBROS DE TORCIDAS ORGANIZADAS DO GALO CHEGAREM AO MINEIRÃO DE ÔNIBUS NO PRÓXIMO DIA 12!

Minwer disse...

Um absurdo.

O pior é que fica o sentimento de que aproveitaram que todo o foco tá na Copa pra fazer essa sacanagem.

A partir do dia 16, depois do tri, temos que voltar a carga contra essa politicagem que rola solta.

Augusto disse...

isso não pode e não vai ficar assim!

Anônimo disse...

Mandei um e-mail para a ouvidoria criticando o fato de o site, a rádio e a tv Grêmio não terem dado nehuma noticia sequer na noite da votação de um assunto muito importante para a torcida.
24hs depois ainda não obtive nehuma respeito, nem mesmo acusaram o recebimento da manifestação

Giordano Bruno disse...

A tempo: Ronaldo
http://ideiaseantiteses.blogspot.com/2009/07/tempo.html