segunda-feira, setembro 18, 2006

Grêmio 4 x 0 Botafogo


Não foi um bom primeiro tempo. Tcheco fez muita falta, principalmente quando o Gremio tentava sair jogando. Menos mal que, numa jogada que se repete com certa frequencia, Ramon escorou de cabeça no primeiro pau, Lopes espalmou e Romulo colocou para o fundo das redes. O Botafogo não se abalou e tentou buscar o empate. Marcelo fez boas defesas e segurou o ataque da fogão.

O Grêmio retornou para o segundo tempo sem alterações, apenas William e Evaldo inverteram o posicionamento. A equipe voltou melhor, mas foi o botafogo que teve as melhores as chances em dois chutes de Juninho, um parou na trave; outro em boa defesa de Marcelo. O jogo se manteve parelho até Leo Lima roubar uma bola na intermediaria e cruzar para Rômulo fazer 2 x 0. aí sim ficou fácil, mas mais fácil ficou após as expulsões de Junior Cesar e Alê. Lucas deu um baita lançamento pra Rafinha, que de três dedos tirou do goleiro, a bola caprichosamente ameaçava sair pela linha de fundo até que Herrera empurrou de carrinho para fazer o 3 x 0. No finzinho, Romulo completou seu Hat-Trick ao cabecear de marca do penalti e fazer o 4 x 0 final. Apesar de não ter sido citado nesse post, achei que Hugo foi o melhor em campo.

Os 4 x 0 não podem apagar os erros do árbitro, que Anulou o gol de letra do Herrera em posição discutievel, não deu um penalti em cima do Leo Lima na sáida de Lopes e não deu outro pênalti quando Bill deu uma "cortada" dentro da área

Gremio 4 x 0 Botafogo - 24ª rodada

GRÊMIO: Marcelo Grohe, Patrício, Evaldo, William e Bruno Telles; Jeovânio (Rafinha), Lucas, Ramon (Herrera) e Hugo; Léo Lima (Sandro) e Rômulo
Técnico: Mano Menezes

BOTAFOGO: Lopes, Leandro Carvalho (Bill), Juninho e Asprilla e Júnior César; Alê, Ataliba, Thiaguinho e Zé Roberto; Reinaldo (Wando) e Lima (Thiago Xavier)
Técnico: Cuca

Data: 17 de setembro de 2006, domingo, 16 horas
Gols: Rômulo, aos 6min, no primeiro tempo. Rômulo, aos 25min e aos 44min, e Herrera, aos 35min, no segundo.
Cartões Amarelos: Rômulo, Jeovânio, Bruno (G), Juninho, Lima, Alê (B).
Cartões Vermelhos: Júnior César e Alê.
Árbitro: Sálvio Spinola (Fifa-SP), com Evandro Silveira (SP) e Marinaldo Silvério (SP).
Público: 32.199 (27.194)
Renda: R$ 437.520.
Local: Olímpico.

4 comentários:

Matheus_Grêmio Sempre disse...

fiz meu blog entrem la e comentem
e o Grêmio vai se campeão brasileiro

Márcio C. M. disse...

O que o Hugo fez com o Júnior Cesar foi absoluta falta de ética profissional. Não se faz aquilo com um colega de trabalho hahahaha. Rômulo calou minha boca, ainda bem! Quarta é 50.000 no Monumental cantando o Hino do Rio Grande.

Grêmio Sempre disse...

vamo Grêmio , enche o Monumental amanha, 50 mil ninguém mais segura o Grêmio!!!!!!!!

Márcio C. M. disse...

Não deu 50 mil por causa da chuva :( mas eu fui e tava ESPETACULAR!