domingo, julho 15, 2007

Brasileirão 2007 - Grêmio 1 x 1 Palmeiras

Nem vale a pena dizer que o Grêmio jogou desfalcado novamente, fato é que o tricolor entrou com o que tinha para enfrentar o Palmeiras. Muita gente reclamando da qualidade do jogo, eu acho que foi uma boa partida. As equipes desfalcadas de seus jogadores mais criativos marcaram muito forte e brigaram o tempo inteiro pelo domínio do jogo. O Grêmio tinha dificuldade para sair jogando e errava muito na marcação. O Palmeiras teve a primeira boa chance do jogo quando Luís recebeu em posição duvidosa e encobriu Saja, Thiego salvou de cabeça. O tricolor começou a melhorar no jogo, Patrício roubou uma bola na defesa e lançou Ramon, que conduziu a bola, tabelou com Everton e lançou Patrício na ponta, Ramon ainda apareceu dentro da àrea para de cabeça fazer o 1x0. A partir daí o Grêmio tomou conta do jogo. Diego Souza perdeu grande chance quando chutou em cima de Diego Cavalieri , após novo cruzamento de Patrício.

O Palmeiras teve mudanças e melhorou no segundo tempo. O Grêmio começou a decair quando Gavilan saiu. Os jogadores Palmeirenses faziam um pressão muito forte em cima do juiz para que o paraguaio levasse o segundo amarelo. O Palmeiras teve algumas chances e o Grêmio não encaixava contra-ataques, em muitos deles os palmeirenses paravam o jogo com faltas. Adílson pediu para sair e Nunes entrou. o Grêmio perdeu completamente o meio campo. Num bom cruzamento da esquerda Luís errou a cabeçada ( se é que ele bateu de cabeça na bola) e enganou Saja: 1x1. Daí em diante o Palmeiras não quis jogo, Carlos Eduardo teve de entrar tardiamente no lugar de Ramon (eu tiraria o Everton). A cobrança de falta de Diego Souza que parou na trave parecia mostrar que não era dos dias mais felizes do Grêmio.

Fiquei com a sensação de pênalti em dois lances, no primeiro tempo Diego Souza arrancou desde o meio campo e foi derrubado no começo da área. No segundo tempo Carlos Eduardo entrou na área pela direita e levou uma "rasteira". Isso foi o que vi no estádio, a televisão fez o favor de não mostrar esses lances.

Caio Júnior é um técnico "engraçado". Virou queridinho da imprensa do centro do país quando proibiu seus jogadores de dar carrinho. No sábado fez uma preleção de mau gosto envolvendo o nome de Alemão. Depois mandou seus jogadores parar o jogo a todo momento com faltas e fez pressão no árbitro para expulsar Gavilán. Meio estranho tudo isso vindo de alguém que condena o carrinho. Seria bem mais fácil fazer tudo isso se ele não tivesse a postura hipócrita de condenar uma jogada corriqueira do fuebol como é o carrinho.
Fotos: Grêmio.net

Grêmio 1 x 1 Palmeiras

GRÊMIO:
Saja; Patrício, Schiavi, Wiliam e Thiego; Gavilán (Edmilson), Adílson (Nunes), Diego Souza e Lúcio; Ramón e Éverton (Carlos Eduardo)
Técnico: Mano Menezes

PALMEIRAS:
Diego Cavalieri; Gustavo, Nen e Dininho; Paulo Sérgio (Valdívia), Pierre, Wendel, Caio (Luiz Henrique), Deyvid (Makelele) e Leandro; Luis
Técnico: Caio Júnior
11ª rodada - Campeonato Brasileiro 2007Data: 14 de julho de 2007, sábado , 16h00minLocal: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Público:
21.754 ( 19.567 Pagantes)
Renda: R$ 311.997,00
Árbitro: Cléver Assunção Gonçalves (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e José Carlos de Souza, ambos mineiros
Cartões amarelos: Gavilan, Carlos Eduardo, Schiavi (Grêmio), Nen, Luis, Paulo Sérgio, Gustavo, Pierre, Wendel, Makelele (Palmeiras)
Gols: Ramón, aos 28 minutos do primeiro tempo e Luis, aos 26 minutos do segundo tempo

Um comentário:

alisson disse...

Um site está fazendo uma votação sobre os times de maiores torcidas do mundo, e atualmente estamos em quarto no Brasil, atrás de Atlético Paranaense, Santos e real once caldas (por causa da coroa no novo escudo da escola de samba). Ridículo!
Vamos fazer a nossa parte: Votar e espalhar esse endereço para todos os Gremistas!
http://www.voteyourteam.com/