quarta-feira, julho 04, 2007

Brasileirão - Grêmio 3 x 1 Juventude

O jogo de ontem era encarado por muitos como uma barbada, mas o Grêmio desfalcado poderia se complicar. Isso não aconteceu. Desde o início o Grêmio valorizou a posse de bola, trocou passes no meio e teve movimentação no ataque. O gol surgiu cedo, numa jogada que pro meu gosto foi ilegal, Ramon impedido participa de jogada do pênalti. Gaciba não entendeu assim e marcou a falta em Diego Souza. O próprio Diego cobrou a penalidade máxima: bola num lado; goleiro no outro, 1 x 0. O tricolor jogava bem e explorava os laterais do Juventude. Bruno Teles deu 3 bons chutes de fora da área. Quando o Juventude atacava o Grêmio marcava bem, e quando errava a marcação parava o jogo ainda na metade da cancha, desse modo o Juventude não ameaçou no primeiro tempo. Schiavi e William estavam muito seguros na zaga.


No segundo tempo o Juventude tratou de sair mais pro jogo, mas logo aos 6 minutos Schiavi deu um belo lançamento para Diego Souza, que demorou a perceber a falha da zaga mas mesmo assim fez o seu segundo gol na partida. 2x0. O Grêmio continuava a mandar no jogo. Lúcio jogava fácil pela esquerda. O Juventude levava perigo em escanteios esporádicos, mas foi justo num escanteio que o tricolor fez 3x0. Bola passou do primeiro pau e William fez de voleio. Prêmio a suas boas atuações. O Grêmio perdeu chances de aumentar o placar e o Juventude acabou fazendo o seu gol solitário, Wescley antecipou-se a defesa no primeiro pau.

O time, apesar dos desfalques, está num bom caminho. Ramón e Everton tiveram, ao menos, mais movimentação ontem, e Kelly novamente entrou bem. A equipe poderia aumentar seu aproveitamento em bolas paradas e em cruzamentos em geral. Ajudaria bastante. De resto aind acho que temos time para brigar pelo título.

fotos: Gremio.net

Grêmio 3 x 1 Juventude

GRÊMIO: Saja; Patrício, William, Schiavi e Bruno Teles; Gavilán (Edmílson 85´ ), Sandro Goiano, Diego Souza e Lúcio; Ramón (Douglas 71´) e Everton (Kelly 59´)
Técnico: Mano Menezes

JUVENTUDE:
Michel Alves; Radamés, Wescley, Cedrola e Zé Rodolpho; Marcão, Marabá (Ivo 54´), Beto e Renato (James 72´); Alex Alves (Guilherme 64´) e Éber
Técnico: Flávio Campos

9ª Rodada - Campeonato Brasileiro 2007
Data: 03 de Julho, Terça-feira, 20h30min
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Renda: R$ 174.790,00
Público:
14.918 (13.603 pagantes)

Arbitragem: Leonardo Gaciba (Fifa), auxiliado por Paulo Ricardo Silva Conceição e José Antônio Chaves Franco Filho (trio do RS)
Cartões Amarelos: Beto, Radamés (Juventude); Schiavi e Everton (Grêmio)
Gols: Diego Souza aos 12 minutos do primeiro tempo e aos seis minutos do segundo tempo; William aos 22 minutos do segundo tempo (G); Wescley aos 29 minutos do segundo tempo (J)

2 comentários:

Andre disse...

Caro,
FIquei espantado com essa notícia. Antonio Britto deu provas de sua incompetência tanto na área política (desuniu o povo gaúcho e perdeu duas eleições para o Estado) como na iniciativa privada (perdeu o emprego de presidente da Calçados Azaléia, depois de fechar fábricas e demitir milhares de pessoas) . Por que ressucitar um defunto do passado? Vamos olhar pra frente e procurar novas lideranças capazes de levar o tricolar pra frente. Há muita gente competente, tipo Jorge Gerdau. Se Britto virar realmente presidente do Grêmio, só posso esperar que o Olívio seja presidente daquele clube do Aterro do Beira-Lago! Só assim, o Imortal tricolor continuará em suas sagas gloriosas.

Saudações tricolores,

André Vieira

Márcio C. M. disse...

Tá loco, só podem estar de brincadeira, um fracassado e péssimo administrador como presidente do Grêmio!