domingo, maio 30, 2010

Brasileirão - Flamengo 1 x 1 Grêmio


Flamengo e Grêmio se enfrentavam no Maracanã praticamente vazio. O sentimento rubro-negro aparentava ser de fim de festa, com a saída de Adriano. O tricolor tentava entrar de vez na disputa do Brasileirão, mas começou o jogo devagar, dando muito espaço para o adversário, levando contra-ataque e sendo supreendido na jogada que começou por Petkovic, passou pelo cruzamento de Leonardo Moura e na cabeçada de Vagner Love e terminou novamente com o Sérvio, que abriu o placar aos 7 minutos. O Grêmio se mostrava completamente apático e o Flamengo teve duas boas chances de ampliar, com Vinícius Pacheco e Petkovic, aos 9 e aos 14, respectivamente. Não era possível compreender a proposta de jogo do Grêmio. Hugo jogava aberto pela esquerda, Maylson era praticamente um ponta direita e os dois avantes estavam enfiados dentro da área. A situação melhorou um pouco quando Jonas recuou para buscar jogo. O tricolor ameaçou em chute de Maylson, que cruzou toda a extensão da pequena área, e nas cobranças de falta de Edílson, nas quais Bruno fez boas defesas, mas foi para o vestiário em desvantagem.

Silas mexeu no time. Tirou o inoperante William e colocou Roberson. Antes de ser possível notar os efeitos da mudança o time levava um susto. Aos 2 minutos, Petkovic deu grande passe e deixou Vagner Love na cara de Victor, mas o arqueiro gremista fez grande defesa. Depois disso o Grêmio passou a jogar no campo do Flamengo, buscando o empate, que saiu rápido. Aos 6, Rochemback cobrou escanteio e Rodrigo anotou de cabeça. A partir daí, o ataque tricolor acumulou chances de virar partida, especialmente com Hugo. Aos 26, Jonas perdeu a melhor oportunidade tricolor ao concluir por cima o cruzamento feito por Hugo. Rogério Lourenço fez todas as substituições a que tinha direito e o Flamengo foi para cima (ou foi o Grêmio que recuou?). Contudo, nos últimos 15 minutos de jogo a bola apenas rondou a área gremista, o Flamengo não criou nenhuma situação de gol. Aos 47, Maylson teve a bola para matar o jogo, mas errou ao preferir o chute ao cruzamento.




Foi um bom resultado? Um empate justo? Injusto? Sabor de derrota? Sentimento divido? Estou entre aqueles que consideram um mau negócio o 1x1 de ontem. Tá certo que era o Flamengo no Maracanã, que o Grêmio tinha seus desfalques, mas, como bem ressaltou a chamada da Rádio Gaúcha, o tricolor enfrentava "as ruínas do Império do amor". Não terá chance melhor de vitória tão cedo.

São 5 pontos conquistados em 5 rodadas. Ainda é cedo, mas essa média indica uma campanha de zona de rebaixamento.

Antes do jogo, Alex Bagé (da Rádio Guaíba), fez considerações pouco elogiosas sobre o retrospecto do árbitro. Contudo, é preciso dizer que Wilton Pereira Sampaio teve grande atuação. Não aceitou o cai-cai de Vinicius Pacheco e Léo Moura (o que deveria ser a obrigação de qualquer juiz).

Novamente não gostei do posicionamento do Maylson. Muito próximo dos atacantes, longe demais da meia cancha.

William não contribuiu para o time e tampouco se ajudou.

Silas poderia aprender a falar um pouquinho menos. Antes do jogo, disse que nenhum lateral gosta de ser atacado e por isso Bruno Collaço iria para cima de Leo Moura. Cinco minutos depois, o camisa 2 flamenguista recebia livre na ponta direita e cruzava para jogada do gol. Há um mês atrás, alfinetava Autuori e dizia que agora o Grêmio vencia fora de casa. Nesse Brasileirão teve três belas oportunidades de somar 3 pontos fora de casa e desperdiçou todas.

Fotos: Maurício Val (VIPCOMM), Gilvan de Souza (Lance) e Marcelo de Jesus (UOL)

Flamengo 1 x 1 Grêmio
Petkovic 7'
Rodrigo 51'


FLAMENGO: Bruno; David (Gil, 26'/2ºT), Ronaldo Angelim e Álvaro; Léo Moura, Maldonado, Guilherme Camacho, Petkovic (Ramon,19'/2º) e Juan; Vinícius Pacheco (Diego Maurício, 16'/2ºT) e Vagner Love.

Técnico: Rogério Lourenço



GRÊMIO: Victor; Edilson, Ozeia, Rodrigo e Bruno Collaço; Adilson (Fernando, 35'/2ºT), Fábio Rochemback, Maylson e Hugo (Bérgson, 36'/2ºT); Jonas e William (Róberson, intervalo). Técnico: Silas.



5ª Rodada - Campeonato Brasileiro 2010
Data: 29/5/2010, sábado, 18h30min
Local: Estádio Maracanã, Rio de Janeiro - RJ
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (DF)
Auxiliares: Enio Ferreira de Carvalho (DF) e Marrubson Melo Freitas (DF)
Cartões amarelos: David, G. Camacho, Ramon (FLA); Adilson, B. Collaço (GRE)
Gols: Petkovic, 7'/1ºT ; Rodrigo, 6'/2ºT

5 comentários:

LUIS disse...

EZEQUIEL MERELLES colo colo OKKKK . SOBIS ou NILMAR , CONTRA VENENO pros AMARGOS ok .

Eduardo disse...

Senti uma "vibe" de 2009 nesse jogo. Jonas errando aquele gol e tudo.
Era jogo pra ganhar. Lembrei também do Silas falando do Autuori...

E nosso banco de reservas atualmente ta sem vergonha demais.

lui disse...

só acho que no fim do comentario nao imagino que seja culpa do silas que o jonas isola uma bola na frente do gol, nem que o maylson me faz aquela belissima jogada aos 47 do 2º
pela postura do time (meritos ou nao do treinador, cabe a vc analisar) eu acho que deveriamos ganhar.. e o banco tá cretino hein, olhar e ver aqueles atletas nao ha treinador que resolva

André Kruse disse...

Mas eu não coloquei a culpa no Silas, certo? Apenas reclamei que ele anda falando demais

Eduardo disse...

Ele tá escalando o William demais também.