quinta-feira, outubro 05, 2006

Brasileirão 2006 - Grêmio 2 x 1 Palmeiras

Foi um jogão, primeiro tempo muito corrido, se o Palmeiras jogar sempre com essa vontade não corre o menor risco de ser rebaixado. O Grêmio foi muito seguro na defesa no 1° tempo, mas pouco criativo no ataque. as ausências de Leo Lima e Lucas foram sentidas, Hugo estava sendo muito bem marcado pelo Marcinho Guerreiro, mas é nesses momentos que se pode ver a qualidade e inteligência de um jogador: Hugo se movimentou bastante, levando consigo o M.Guerreiro, e essa manobra abriu espaço na esquerda, ora ocupada pelo Tcheco que se deslocou para ali,ora ocupada pelos avanços do Bruno Teles. E foi num lance pela esquerda que nasceu 1° gol. Bruno Teles recebeu de Tcheco e cruzou com eficiência, Ramon apareceu bem e cabeceu pro gol. Que diferença um cruzamento bem feito pode fazer, Wellington era bastante deficiente, espero que o Bruno repita mais cruzamentos como este e mais atuações como as de ontem.

Tão importante quanto o cruzamento bem feito foi a jogada imediatamente anterior a ele, refiro me ao balãozinho aplicado por Hugo em Marcinho Guerreiro. Não se trata de elogiar a firula, o futebol arte, mas o balãozinho foi fundamental. Até ali, M.Guerreiro era incansavel na marcação de Hugo, quase sempre levando vantagem. após o balãozinho Hugo ganhou moral e passou a superar Marcinho, que nitidamente sentiu o golpe.

Logo no inicio do segundo tempo um erro de posicionamento, uma trombada de William e o penalti de Marcelo. Não sei se foi necessário, mas o não culpo o goleiro, ele tinha uma fração de segundos pra decidir e resolve sair. Paulo Baier fez o 2 x 1. De novo a jogado do gol surgiu pela esquerda da defesa do gremio. Pela direita, Lucas (ou Sandro) faz a cobertura do lateral, Jeovanio fica centralizado e pela esquerda ninguem auxilia o lateral. Quem deveria fazer esse papel era Hugo ou Leo Lima, jogadores que nao tem essa caracteristica de marcação. Voltando pro jogo o Gremio não se abateu e consegui o desempate numa falta batida por Tcheco. O tricolor perdeu boas chances de matar o jogo e quase se complicou no final, principalmente quando o juiz decidiu complicar, inventando (entre outras coisas) uma falta de 6s do Goleiro. Forçando muito a barra, pois Marcelo não ficou com a bola sequer 8s e tinha um adversário a sua frente impedindo a reposição.

Ps: Parece que daqui em diante a toda rodada teremos erros de arbitragem beneficiando o São Paulo. Ontem, Danilo empurrou Andrade do vasco e cabeceou a bola na propria mão, ainda assim o juiz validou o 2° gol do são paulo. Não satisfeito, o arbitro expulsou Leandro Amaral do Vasco num lance normal, uma simples discussão de jogo. Sei que ele ja tinha amarelo, mais o arbitro sabia disso e expulsou somente ele, deixando Fabão em campo. Como o próprio atacante disse "foi um bate boca normal, se não podermos mais discutir, é melhor vestir saia e ir dançar ballet"
GRÊMIO 2 X 1 PALMEIRAS

GRÊMIO: Marcelo; Patrício, William, Evaldo e Bruno Teles; Jeovânio, Sandro, Tcheco (Rafinha), Ramon (Rudney) e Hugo; Rômulo (Herrera)
Técnico: Mano Menezes

PALMEIRAS: Diego Cavalieri; Paulo Baier, Nen, Alceu e Michael (Chiquinho); Francis (Neto Baiano), Marcinho Guerreiro, Marcelo Costa e Juninho Paulista (Rosembrick); Marcinho e Roger Silva.
Técnico: Marcelo Vilar

 27ª rodada - Campeonato Brasileiro 2006
Data
: 04/10/2006, quarta-feira, 22h00min,
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre-RS
Público: 30.097 (26.521 pagantes)
Renda: R$ 330.459,00
Árbitro: Luis Antônio Silva Santos (RJ)
Assistentes: Aristeu Tavares (RJ) e Marcos Tadeu Nunes (RJ)
Cartões amarelos: William (G); Marcelo Costa, Marcinho e Paulo Baier (P)
Cartões vermelhos: William e Bruno Teles (G) e Neto Baiano (P)
Gols: Ramon, aos 32min do primeiro tempo; Paulo Baier, aos 4min, e Tcheco, aos 9 minutos do segundo tempo.


4 comentários:

Matheus disse...

nao tem mais campeonato, ninguém mais segura o IMORTAL, nem a arbitragem!!! Grêmio rumo ao BI DO MUNDO!!!!!!!!

Jair Bernardes Jr. disse...

Não quero parecer paranóico (mais do que já sou), mas fiquei em dúvidas quanto ao penalti. Tive a impressão que o atacante se joga antes de chegar no goleiro.

André Kruse disse...

Foi penalti sim, o Marcelo derrubou o atacante com as mãos.

Matheus disse...

bah meu, eu também achei que nao foi