domingo, fevereiro 11, 2007

Cúcuta Deportivo


Outro adversário do Grêmio é o desconhecido Cucuta Deportivo, time que leva o nome de sua cidade, que significa "casa de duendes". Cúcuta é uma cidade de 750.000 habitantes situada no departamento Norte de Santander. O Cúcuta ganhou seu primeiro titulo colombiano em 2006. Em 2007 perdeu seu treinador para a seleção colombiana.


Dois textos do site Trivela sobre o Cúcuta, um sobre time em 2007 outro sobre o título de 2006:

"Cúcuta
É um bom momento para mostrar que o título do Finalización não foi acaso depois de um semestre de sorte. A diretoria investiu bastante, trazendo o técnico Jorge Luis Bernal e vários jogadores que, se não serão estrelas, completarão o elenco em um semestre em que ainda há a disputa da Libertadores. Lidar com as duas competições será fundamental para as pretensos domésticas e internacionais do time."

"Campeones, capítulo 7: Cúcuta

O futebol colombiano está cada vez mais aberto aos pequenos. Depois de o Real Cartagena ficar com o vice-campeonato do Finalización 2005 e o Deportivo Pasto conquistar o título no Apertura 2006, foi a vez de os menos tradicionais monopolizarem a final. E, no duelo entre Tolima e Cúcuta, melhor para os cucuteños, que venceram por 1 a 0 em casa e conseguiram um empate em 1 a 1 na partida de volta.

O resultado foi surpreendente. O Tolima foi o time mais sólido da Colômbia em 2006 e terminou a primeira fase do Finalización em primeiro lugar. Enquanto isso, o Cúcuta também fazia grande campanha, mas despertava a desconfiança natural de uma equipe que estava na segunda divisão no ano anterior.

Na decisão, o Cúcuta fez valer as armas que já utilizara no resto do campeonato. A dupla de zaga Portocarrero e Moreno evitaram um mal maior diante da pressão do Tolima, principalmente no jogo de volta. Na frente, o panamenho Blas Pérez mostrou porque é um dos melhores atacantes no futebol colombiano hoje (até merecia uma oportunidade em uma liga mais tradicional).

Esse trio fez a diferença em um campeonato que se notabiliza pelo equilíbrio. Equipes pequenas, como Pasto, Tolima e Cúcuta, conseguem concorrer financeiramente com os grandes, que convivem com crises financeiras intermitentes. Além disso, o êxodo de jogadores permite que um grupo bem montado pode ter sucesso em curto prazo, mesmo que não haja um grande projeto por trás. Aí, no caso do Cúcuta, o mérito é do técnico Jorge Luis Pinto, que antecedeu Alexandre Guimarães na Costa Rica em 2004 e, com essa campanha pelos cucuteños, conseguiu um lugar no comando da Colômbia.

A conquista foi histórica. Foi a primeira vez na história da Dimayor (liga colombiana) em que um time conquistou o título em sua primeira temporada após subir da Segundona. Também foi a primeira vez que o Cúcuta ganhou o Campeonato Colombiano. Até então, a melhor participação fora em 1964, quando o time foi vice-campeão."


O estádio do Cúcuta é o General Santander, inagurado em 1948 e com capacidade para 28.000 pessoas. Atualmente o estádio passa por reformas para ampliar sua capacidade para 42.000 espectadores.


Site oficial: http://www.cucutadeportivo.com/web/index.php

Um comentário:

ilyliuxin disse...

Very good article,I prepared a very good gift for you, please visit my blog, The best browser fo you in History