quinta-feira, agosto 30, 2007

Brasileirão - Sport 2 x 0 Grêmio


Um primeiro tempo onde o Grêmio repetiu os defeitos das partidas anteriores. Foi um time lento, com uma marcação que começava muito tarde e custava a recuperar a bola. Mesmo assim o Grêmio fazia um jogo no mínimo igual em Recife. Aos 15 o Sport teve boa chance, Saja fez ótima defesa. Pouco depois Marcel recebeu passe de Anderson Pico próximo a pequena área, demorou a chutar e quando-o fez fez de forma quase displicente, Magrão salvou. Mas tarde Diego Souza teve chance parecida e também concluiu mal. Quase no fim do primeiro tempo o juiz inventou um pênalti em cima do zagueiro Gustavo, que na verdade merecia um cartão amarelo pele encenação patética. Da Silva converteu e fez o 1x0.


No segundo tempo o Sport tratou de jogar com sua vantagem. O Grêmio teve a bola no campo do adversário. Mais, teve a bola dentro da área dos pernambucanos, mas não criou um chance digna de registro. aos 31, o Grêmio, como se quisesse "relembrar" 2005, tomou um gol de Carlinhos Bala. Saja fez ótimas defesas, William foi bem como sempre. Leo aparentemente se abalou com o pênalti que (não) cometeu. Sandro e Eduardo Costa contiuam a formar uma dupla lenta, e com o acréscimo de Kelli então, nem se fala.
fotos: Terra e GloboEsporte

Sport 2 x 0 Grêmio
Da Silva 43´
Carlinhos Bala 76´


SPORT: Magrão; Gustavo, Igor e Durval; Diogo, Júnior Maranhão, Rosembrick (Bia), Romerito e Dutra; Carlinhos Bala e Da Silva.
Técnico: Geninho.

GRÊMIO: Saja; Bustos (Patrício), William, Léo e Hidalgo; Eduardo Costa, Sandro Goiano, Diego Souza e Anderson Pico (Ramón); Kelly e Marcel (Tuta).
Técnico: Mano Menezes

22ªRodada - Campeonato Brasileiro 2007
Data: 29 de agosto, quarta-feira, 21h45min
Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE)
Público total: 18.444
Renda: R$ 84.588,00
Árbitro: Domingos Viana Filho (PA), auxiliado por Milton Otaviano dos Santos (RN) e Salccy Maria Tavares (PA).
Cartões amarelos: Anderson Pico, Léo, Hidalgo, Bustos, Sandro Goiano (Grêmio); Diogo, Dutra, Durval (Sport).
Gols: Da Silva (aos 43 minutos do 1º tempo), Carlinhos Bala (aos 31min do 2º tempo).

Um comentário:

Matheus disse...

Poiseh, o nosso time perdeu o jogador mais importante, Carlos Eduardo, que conseguia quebrar o esquema do outro time e assim chegar mais ao ataque. Rezo para que Mano Menezes com o que tem disponível em suas mãos faça o possível e o impossível pra, ao menos, estarmos na libertadores de 2008.

Pra cima deles GRÊMIO!
Matheus