sábado, fevereiro 16, 2008

Mancini custou R$ 1 Milhão

Zero Hora, dia 16 de fevereiro de 2008:

"O técnico Vagner Mancini não encontrou explicação para a demissão, após 43 dias de trabalho no Grêmio. Negou atrito, mas prometeu jamais voltar a trabalhar com o presidente Paulo Odone. Receberá R$ 550 mil de multa rescisória pela ruptura unilateral de contrato - antes, o Grêmio havia pago US$ 250 mil (R$ 437 mil) de multa para o Al Nassr, dos Emirados Árabes"

Soma-se a isso mais um mês de salário, temos mais de um milhão de reais gastos num treinador que trabalhou apenas 43 dias.

5 comentários:

grêmioacimadetudo disse...

André em nosso blog começamos a fazer campanha para que a direção explique este gasto absurdo.

Bruno disse...

Lastimável. Não só pelos gastos financeiros absurdos, que no final, se transformaram em dinheiro jogado no lixo, por conta da falta de conhecimento da diretoria sobre os seus futuros contratados, mas também pela falta de respeito à pessoa do Mancini. Eu me sinto envergonhado pelas as atitudes da diretoria.

blogdacornetaprogremio.blogspot.com disse...

GESTÃO TEMERÁRIO. SE O VALOR CORRETO FOR DE 500 MIL DÓLARES, ENTÃO...

Armando disse...

É lamentavel. Para um clube que nunca tem dinheiro para contratar.

Leopoldo Maggi disse...

ANDRÉ A COISA ESTÁ ME CHEIRANDO MUITO MAL. TEM COISAS QUE SEI LÁ ALGUÉM DEVERIA EXPLICAR. NÃO ACHAS?