sexta-feira, fevereiro 01, 2008

Interesse dos Conselheiros

Não repercutiu muito bem uma informação dada pela Zero Hora sobre o interesse dos conselheiros sobre o projeto da arena (Guilherme aqui nos comenários, Wianey em sua coluna). Enfim a matéria e a informação estão abaixo, mas me parecem incompletas. Faltou detalhar desde quando os conselheiros poderiam demonstrar o interesse nos projetos e qual a data limite para a consulta dos mesmos. Só com essas informações podemos ter uma abordagem mais fidedigna do real interesse dos conselheiros nos projetos.


Consórcio português entrega proposta oficial da Arena
Escolha de local será feita em reunião entre os dias 11 e 20 de fevereiro

O consórcio português TBZ-OAS entregou ontem ao Grêmio a proposta oficial para a construção da Arena na Azenha. A Odebrecht, que prevê o complexo esportivo no bairro Humaitá, já havia entregue o projeto definitivo na semana passada. A escolha será feita em reunião do Conselho Deliberativo, entre os dias 11 e 20 de fevereiro.

Dos 313 conselheiros aptos a votar, apenas 80 tiveram interesse em analisar o projeto cujas minúcias foram disponibilizadas a eles pelo vice-presidente de planejamento do clube, Eduardo Antonini. (ZeroHora.com)



Desinteresse

O Grêmio já recebeu as propostas das duas empresas interessadas em construir uma arena para o clube: Odebrecht e o consórcio português TBZ-OAS. Uma delas deseja levantar o novo estádio no lugar onde está o Olímpico. Esta proposta deverá ser rejeitada pelo Conselho Deliberativo, por duas razões: seria arriscado derrubar o Olímpico e ficar sem estádio próprio durante vários anos. E se a construtora, por exemplo, quebra durante a construção? Abre falência? Além disso, esta proposição exige a desapropriação de uma rua marginal ao Olímpico. A Prefeitura Municipal teria muita dificuldade para aprovar a privatização de um bem público. Resta Humaitá como local para a construção da arena. O CD deliberativo vai decidir, mas, desde já, chama a atenção a aparente alienação do órgão. Dos seus 313 membros, apenas 80 conselheiros tiveram interesse em analisar o projeto. É possível, até provável, que o período de férias seja responsável por esta atitude. Tomara que seja.(Wianey Carlet)

11 comentários:

San Tell d'Euskadi disse...

Votem:
http://www.footballderbies.com/rating/index.php?wedstrijd_id=113

Bruno disse...

André, isso é um claro sinal que a Arena será mesmo no bairro Humaitá e que a votação do Conselho Deliberativo é apenas um seguimento de protocolo. A Arena será no Humaitá, a não ser que ocorra um milagre.

gremista vigilante disse...

A informação é fidedigna.

Fui atrás e verifiquei que boa parte dos interessados eram ou do Grêmio Novo ou do Grêmio Independente, mais alguns ligados ao Cacalo. Fora esses, uns poucos da velha guarda. Pode checar.

Uma lástima esse desinteresse geral.

Abração,

GV.

Guilherme disse...

Gremista Vigilante,

Fica a pergunta, como os conselheiros poderiam analisar as propostas se as mesmas somente chegaram a dois dias atrás, conforme relatado pela própria reportagem? O comentário do Eduardo Antonini é de má fé!Aliás se a tua apuração é fidedigna, que acredito que seja, acho estranho que somente os dois movimentos políticos ligados ao Odone e Antonini tenham visto esses projetos com antecedência. Desde já declaro que não faço parte de nehum movimento político, não sou conselheiro mas um gremista apaixonado pelo clube!

Saudações Tricolores

gremista vigilante disse...

Guilherme, entendo tua preocupação. Também não faço parte de nenhum movimento ou corrente no nosso tricolor, embora tenha amigos em todos os lados, dos sócios mais velhos aos tricolores "fraldinhas".

Na boa, transito bem entre todos.

No caso, o problema é que a matéria jornalística do Wianey misturou alhos e bugalhos.

Os 80 conselheiros que foram conferir as propostas o fizeram no final de 2007, com relação às propostas preliminares.

Lembro bem porque era uma porrada de documentação e o conselheiro tinha que marcar hora para ir até lá e consultar a papelada [um amigo meu se queixou bastante do procedimento, achando-o burocrático].

O pessoal da secretaria do conselho teria [ao que parece], sugerido que o pessoal fosse em grupos, para agilizar a consulta. Para isso, os movimentos organizados estavam melhor aparelhados do que os conselheiros "free-riders", não ligados a nenhum grupo.

Após alguns ajustes e incorporações de sugestões, as empresas apresentaram agora as propostas oficiais. Essas, que a ZH refere, evidentemente não foram analisadas pelos conselheiros, porque não houve tempo hábil.

Enfim, uma confusão feita pelo Wianey.

Posso estar errado, mas foi o que eu apurei.

Saudações tricolores,

GV.

Andre disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gustavo disse...

André:
Tiveste muita sensibilidade em adiantar a questão das datas de início e fim do período de disponibilidade dos documentos. Efentivamente, isso aconteceu lá em Dezembro e, segundo as últimas notícias, os projetos nem eram definitivos. Além disso, os que foram (e foi bastante gente ligada a outros grupos) AMPLIARAM relatando a grupos maiores que não puderam ir. De qual sorte, como toda a papelada era muito confusa houve sugestão ao Presidente do Conselho Deliberativo para serem feitas determinadas análises por uma assessoria técnica. Evidentemente que a notícia dos 80 foi de má-fé e a noticia de que só dois grupos foram também é de má-fé ou, no mínimo, mal-informada. Mas não quero, aqui, fazer guerra de grupos.

O Vigilante disse...

Pelo que estou informado, todos os grupos foram com representantes qualificados para fazer aquela análise que, agora se sabe, era fajuta.

gremista vigilante disse...

Gustavo, estou reproduzindo o que ouvi de funcionários. Só isso.

Posso, então, estar mal-informado, mas acredito na veracidade do que me foi passado, até mesmo em razão da credibilidade das fontes.

No entanto, nunca postei nada com má-fé aqui neste blog. Nem em qualquer outro lugar, aliás.

Tenho sido um debatedor neste espaço faz um bom tempo, e o André pode confirmar que sempre agi com probidade, sem nunca falsear a verdade nem, também, esconder minhas preferências eleitorais.

Não posso admitir, portanto, afirmações como a de que "a noticia de que só dois grupos foram também é de má-fé ou, no mínimo, mal-informada".

Como também não quero discussão sobre grupos, etc., acho melhor me afastar deste espaço, inclusive para preservar o belíssimo trabalho do André de qualquer "avacalhação".

Um grande abraço a todos e muito sucesso.

Saudações tricolores,

GV.

André Kruse disse...

de fato, o Gremista Vigilante sempre agiu com correção aqui. seria uma pena se parasse de contribuir com informações e opiniões para o Blog.

Do mesmo modo as informações e opinioes de outros leitores como o Guilherme e o Gustavo também sao muito bem-vindas.

A matéria é mal-feita. as datas eram essenciais. Talvez a frase do antonini esteja fora de contexto.

O problema maior pra mim é a pouca disponibilidade informaçoes sobre a arena para o torcedor comum.

aí fica tudo na mão dos conselheiros. então o problema passa a ser outro.

Não conseguimos saber se os conselheiros realmente não estao interessados ou se apenas estão sendo zelosos e mantendo silencio para o bom-andamento do negocio.

As vezes tambem tenho essa sensação de que os membros do gremio novo e independente estão mais bem informados. Talvez eles recebam informaçoes privilegiadas, talvez apenas sejam os mais interessado. Ou minha sensação possa sensação possa estar completamente errado.

Enfim, tudo isso pra dizer que acho que é inevitavel que se de mais publicidade as questoes da arena.

Gustavo disse...

Bom. Então vamos afastar a má-fé. Apenas estar mal-informado, pois ao que sei foram muitos conselheiros do gremio unido e do Imortal lá examinar. E outros, também, pra chegar aos 80. Aliás eles devem ter a lista dos que foram. E, como disse o meu líder Cacalo, uns foram para ampliar pros outros.