domingo, outubro 19, 2008

Duda Kroeff é o novo presidente


"Duda Kroeff foi eleito neste sábado o novo presidente do Grêmio. O candidato da Chapa 1, apoiado por Fábio Koff, teve 2909 votos (54%). Antônio Vicente Martins, da Chapa 2, apoiado pelo atual presidente Paulo Odone, teve 2452 votos (45%). Foram 5365 votos. Houve ainda um voto em branco e três nulos." (ClicRBS - 18/10/2008)"


Foi a decisão dos sócios. Pequenas diferenças deixadas de lado, as duas chapas se equivaliam e os dois candidatos eram legítimos postulantes ao cargo.

Tanto Duda como Vicente exemplificaram o que é um "gentleman" e se comportaram exemplarmente durante a eleição.

Infelizmente o mesmo não pode ser dito de outras pessoas. Inclusive de gente graúda.

Da mesma forma é bastante questionável a conduta de parte da imprensa durante o processo eleitoral.

Visto que cerca de 20 mil sócios estavam aptos a votar, considero baixo o número de votantes (pouco menos de 6 mil, pouco menos de 3/4 de abstenção )

Mas acho que não cabe questionar as razões que levam alguém a não votar. Igualmente não pode ficar questionando os motivos que levaram alguém a votar em determinado candidato. Por mais que esses motivos parecessem claramente errados.

Porque é preciso dizer que alguns argumentos beiraram a imbecilidade.

Duas informações interessantes tiradas da Rádio Guaíba:

- 2/3 dos sócios do Grêmio são da região metropolitana

- Yura votou em Vicente no 1º turno e em Duda no 2º. Justificou sua aparente "incoerência" por querer que a eleição nao se esgotasse no conselho. Postura mais de que elogiável.

6 comentários:

Vicente Fonseca disse...

Pelo teu twitter, imagino que tenhas votado no Vicente, certo? Ou ao menos discordas do modo como Koff se posicionou nesta eleição, tal qual eu penso.

Vicente Fonseca disse...

Ah, e MUITO elogiável mesmo a postura do Yura.

André Kruse disse...

Votei e fiz campanha para o Vicente.

Mas isso não explica a minha indignação com algumas coisas que aconteceram na eleição. E entre elas está esta postura do Koff.

No final da eleição, a geral e parte da chapa 2 gritou "não é mole não, o fábio koff só aparece na eleição".

Uma verdade, isso é inquestionável. O que se pode questionar é se era uma verdade que devia ou não ser dita.

Vicente Fonseca disse...

Bah, devo ter te visto por lá no dia então. Se tu foste de manhã, devemos ter nos "pexado".

Queria então parabenizar a tua postura nos posts relativos à eleição, pois penso que tu foi bastante justo, centrado e coerente, ainda mais tendo em vista que tu fez campanha para um dos candidatos. Não que fazer campanha através de um blog seja errado, mas acho muito bacana quando alguém age como tu agiu.

Abraço.

André Kruse disse...

Estive lá o dia inteiro.

Acho que pouco acrescentaria fazer campanha no blog, não quero acreditar que mudaria o voto de alguém.

Também achei que a coisa estava num nível tão baixo que não valia a pena tentar qualquer argumentação lógica e respeitosa.

André Kruse disse...

Inclusive usaram um material do correio do povo para fazer um panfleto de baixissimo nivel. Material esse que só passou a circular depois que o coloquei aqui no blog.

Em resposta a outra chapa também fez um panfleto lamentavel.

Mas como exigir civilidade de aspones quando tem gente graúda que dá péssimo exemplo.

Ainda bem que ao menos o Duda, como também o Vicente, se comportaram exemplarmente, e eram eles que estavam concorrendo a presidência.