sexta-feira, novembro 21, 2008

Maracanã - 1950


Semana passada, no dia 15 de novembro, o site do Grêmio e alguns blogs (como o Grêmio Copero e Grêmio 1903) lembraram muito oportunamente dos 58 anos da primeira partida ( e primeira vitória) Gremista no Maracanã.

Lembrou-se que foi o Grêmio a primeira equipe de fora do Rio a atuar no estádio. Mencionou-se o fato de o Grêmio ter jogado com o fardamento azul-celeste. Também foi citado que o jogo fazia parte das comemorações do aniversário do Flamengo.

O que não foi dito é que o jogo também serviu para celebrar a transferência do jogador Hermes do Grêmio para o Flamengo.

Hermes havia atuado no jogo anterior entre as duas equipes, 5x1 em junho de 49, no estádio da Montanha do Cruzeiro de Porto Alegre e fez um dos gols da equipe gremista.

Isso ajuda a explicar o que fazia um jogador Flamenguista no meio da foto da equipe tricolor. Era justamente Hermes, abaixado entre Gita e Geada.



Abaixo ficha dos jogos, do livro "História do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense Passado e Presente de um Grande Clube" do jornalista Edison Pires.

Grêmio 3 x 1 Flamengo

GRÊMIO: Sérgio; Clarel e Joni; Hugo, Sarará e Heitor; Balejo, Gita (Clorí), Geada, Pedrinho e Gorrion.

FLAMENGO:Claudio; Gago(Osvaldo)e Juvenal, Nélio, Dequinha e Bigode; Harry, Hermes, Washington, Hélio e Esquerdinha(Eliézer).

Amistoso
Data: 15 de novembro de 1950
Local: Estádio Maracanã, Rio de Janeiro-RJ
Renda: 360.000,00
Juiz: Mr. Dyckes (Inglaterra)
Gols: Geada, Clorí e Balejo (Grêmio); Washington (Flamengo).

8 comentários:

Reescrevendo a História disse...

Tchê, vem cá, mas esse Hermes era considerado "branco" em Porto Alegre?!

charles disse...

Eu nao sabia dessa informação. Melhor ainda atraves da consulta do livro que registra a transferencia. Parabens e oportuno.

nelson ramão disse...

Há quem diga que o jogo foi combinado entre as direções de Grêmio e Flamengo de modo a que a renda servisse como parte do acerto da transferência do jogador, algo muito comum naquela época...
Quando à camisa azul celeste, não acredito que tenha sido mera implicância, numa referência à conquista uruguaia da Copa de 1950 em pleno Maracanã! Afinal, em muitas oportunidades anteriores, a camisa azul celeste já vinha sendo utilizada pelo Grêmio, desde a década de 1910...
Vale referir que as cores do Grêmio, desde 1904 (camisa bicolor, metade azul, metade preta - desenho de Augusto Koch) quando deixamos de usar o havana, passaram a ser as mesmas cores do Hamburgo da Alemanha. Certamente por forte influência do descendentes alemães que integravam as fileiras gremistas desde a fundação...

gremista vigilante disse...

André, excelente matéria.

Tomo a liberdade de mais uma vez fazer um alerta neste espaço: existe um falso "gremista vigilante" postando em outro blog, fazendo afirmações graves, que podem até resultar em processos.

Lamentável.

GV [imortalgremio@yahoo.com].

Hassin Nundah disse...

Um fato triste, que não foi mencionado: Gita era um craque em ascenção. O ala esquerda do Flamengo, Bigode, o mesmo que "entregou" a Copa de 50, não suportou o "baile" que começava a levar do jogador gremista e quebrou sua perna (era um jogador extremamente violento e desleal). Gita nunca mais voltou a jogar em alto nível. Ainda jogou no Grêmio por algum tempo, tendo marcado o gol da vitória tricolor em um Gre-Nal, em 1952. Acabou voltando para sua terra natal (Uruguaiana) e encerrou sua carreira ( se não me falha a memória) no Sá Viana, após casar-se com a filha de um fazendeiro.

André Kruse disse...

http://gremio1983.blogspot.com/2010/04/primeira-no-maracana.html

Diogo disse...

André, a gola da camisa que o Grêmio usou nesse jogo era branca ou azul?

Julio Steffen disse...

Se voce quiser saber mais do jogador Geada do Gremio (Breno Steffen), acesse www. juliosteffen9.com